Jardins de Durmstrang

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jardins de Durmstrang

Mensagem por Morsmordre em Seg Maio 04, 2015 9:25 am

Jardins de Durmstrang

SÃO VASTOS E POSSUEM ÁRVORES BEM DISTRIBUÍDAS QUE FORNECEM SOMBRA AOS ALUNOS QUE DESEJAM TERMINAR SUAS ATIVIDADES ESCOLARES OU SIMPLESMENTE CONVERSAR COM COLEGAS.BANQUINHOS DE MADEIRA SÃO ENCONTRADOS DE MANEIRA UNIFORME SOBRE O CURTO E MACIO GRAMADO, QUE ABRE CAMINHO PARA PEQUENAS ESTRADAS DE PEDRA EM CERTOS PONTOS. NO CHÃO, ENCONTRAMOS DEJETOS DE CORUJA E ESQUELETOS DE RATOS E OUTROS PEQUENOS ANIMAIS QUE AS AVES CAÇAM.
© NOVE3QUARTOS - Todos os direitos reservados.
avatar
Morsmordre
Administrador


Mensagens : 343
Data de inscrição : 31/01/2015

Ver perfil do usuário http://nove3quartos.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Seg Maio 18, 2015 9:56 pm

 Every inch of your skin is a holy grail I've got to find
On the edge of paradise!

Estava sentada ao lado da janela do dormitório apenas observando o tempo passar. Não tenho noção de quanto tempo havia permanecido naquela posição, mas a escuridão já havia tomado o lugar da luz vinda dos feixes solares. Conforme o breu ia dominando a paisagem, os grupos de pessoas que antes ocupavam o lugar iam se dispersando e, pouco a pouco, se podia ver o pátio vazio. Respirei fundo e assim que o fiz, meu corpo deu sinais de cansaço. Tirando o tempo que passara ali, distante do mundo real, sem nem ao menos mover um dedo - como se o mundo fosse desmoronar se o fizesse -, estive procurando as irmãs. Mesmo Íris seria boa companhia. Espere, Íris? Eu só poderia estar ficando louca. Acabei voltando a realidade, desejando somente ficar sozinha, para meu prazer e benefício de bruxos que não precisariam enfrentar meu mau humor. Eu precisava me movimentar ou iria acabar ficando atrofiada. Levantei-me e tentei ardentemente proibir meus ouvidos de funcionarem, mas obviamente não funcionou. Aquelas garotas tagarelas estavam me deixando atordoada! Acontece que eu não estava no melhor dos meus estados de humor, o que era aparente.
 
Levantei abruptamente e acabei esbarrando em uma ruiva que estava parada próxima a porta. Me desculpei rapidamente, não dando muita atenção a isso e saí do dormitório. Minha cabeça estava a mil. Ardia, latejava, maltratava. Bufei. Meus pés e pernas trabalhavam quase que involuntariamente, me levando por conta própria em direção a locais mais silenciosos. De onde vinham burburinhos, a dupla me mantinha longe. Tentei lembrar do que havia me deixado tão insuportável, mas minha memória não ajudou. Estava tão dispersa em pensamentos que nem mesmo percebi onde estava. Chacoalhei a cabeça, implorando a mim mesma por mais atenção e olhei ao redor. Onde eu estava? Ah, sim, pelo cheiro de animais mortos e pela grama aparada e que nos faz querer tirar os sapatos e tomar banho de chuva, eu estava nos jardins.
 
Os jardins são bonitos, mesmo com o cheiro pavoroso de ratos mortos e de fezes - de animais, eu espero! São várias árvores que, durante o dia, proporcionam sombras gostosas para tirar um cochilo ou estudar. Mas agora, estava parcialmente no breu. Busquei pessoas ao redor, mas não havia ninguém. Arrastei os pés até um dos bancos de madeira, tendo o cuidado de verificar se não estava molhado ou extremamente sujo. Limpo. Sentei, dobrando as pernas e jogando a cabeça para trás. Fechei os olhos, respirando fundo e agradecendo aos deuses por estar sozinha.
 
NOTES : Lalalala essa música é demais o.o Lalalala
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS



Off: Postagens entre Bria Kahn Bulwer-Lytton e Luke Shreave O'Connel serão no turno da NOITE e estão PAUSADAS. Favor respeitar nossas postagens. Valeu.


Última edição por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Seg Maio 18, 2015 10:56 pm, editado 2 vez(es)


Brianna Maeve Kahn Bluwer-Lytton
Getting married to the devil you can hear the wedding bells

avatar
Bria Kahn Bulwer-Lytton

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Luke Shreave O'Connel em Seg Maio 18, 2015 10:30 pm



Voltinha nos Jardins
tags: Com Bria X Notes: Sad X Clothes: O de sempre X Música: Bohemian Rhapsody
- Um, dois, três, quatro... - Seu abdome tremia com os estímulos - Vinte cinco, vinte seis, vinte sete... - Após mais três sequências de trinta abdominais, Luke resolve interromper o momento academia para acordar pra vida. Era umas oito ou talvez dez horas da manhã, o reflexo do sol ultrapassa as frestas da cortina e batem nos olhos do rapaz que está deitado ao chão tendo o seu momento. - Se eu não me apressar, vou comer o resto da comida daqueles famintos - Balbuciou correndo pelos corredores de Durmstrang indo até o refeitório. Hora de comer. Pegou um pão e passou manteiga e encheu de açúcar. 

É, é estranho comer pão com açúcar e manteiga, Luke gosta e não reclama mesmo sabendo que isso é bem prejudicial a saúde. Ao contrário do seu irmão, este se cuida bem menos que o normal.Tomou um copo de suco de uma fruta que não sabia distinguir se era morango, melancia, maçã ou qualquer fruta vermelha. O importante é que ninguém comeu o que ele costuma deixar pro final, a cereja do bolo de chocolate. Como ele ama catar as frutinhas como último aperitivo -Diz ele que isso dá energia - Vai entender o que se passa na cabeça do garoto.

A tarde não teve muito o que fazer. Ele tomou uma boa ducha, conversou com alguns conhecidos e inclusive tinha uma pendência pra resolver com seu irmão. Parece que alguém aprontou alguma travessura-No caso, Curtis - E a culpa caiu na pessoa errada, Luke. Um garota totalmente despenteada agarrou Luke em meio a escadaria e lhe deu um soco no rosto balbuciando xingamentos e dizendo coisas sem sentido. Repetiu muitas vezes "Você vai pagar por isso...". Se essa daí foi iludida pelo Curtis, Luke não tem nada a ver com a história. Não é a primeira vez que isso acontece.

Continuou seu passeio 'por ai' sem ter um rumo certo. Já era fim de tarde e a escuridão tomara os céus. Com as mãos no bolso e sem direção fixa, deu de caras com o lugar mais improvável e com incompatibilidade de pensamento e personalidade do garoto, os jardins. Um lugar bonito e doce que não combina tanto assim com ele. Falando em beleza... Uma garota está bem a frente e ele sente que a conhece. - Bria ? - Reconheceu ao ficar bem próximo. - O que faz aqui a essa hora ? - Com os olhos fechados a garota transmitia um pouco de... tristeza.


Thanks Panda
avatar
Luke Shreave O'Connel

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/01/2015
Idade : 18
Localização : Sua casa, atrás de ti. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Seg Maio 18, 2015 10:57 pm

 Every inch of your skin is a holy grail I've got to find
On the edge of paradise!

Não sei como descrever o que acontecia em meu interior. Eu estava nos jardins do colégio a aquelas alturas da noite, total e completamente sozinha, e não conseguia focar na realidade. Não conseguia nem mesmo segurar a varinha com a força e precaução necessária para o caso de surgimento de algum encrenqueiro. "Abra os olhos, Brianna. Abra!" dizia a mim mesma, mas sem nenhum sucesso. Minhas pálpebras pesavam toneladas e a única coisa que se passava em minha mente não era coisa, e sim alguém. Um alguém bonito, charmoso e dono de um sorriso lindo. 
 
 
O vento estava calmo, deixando o local quase silencioso. Oh, o silêncio! Ele era a coisa mais prazerosa que eu havia presenciado naquele dia. Alguns grilos faziam seus barulhos habituais, mas esses não eram incômodos. Eram prazerosos aos meus ouvidos. Mas o barulho de passos, esses sim eram perturbadores. Abri meus rapidamente, levando as mãos aos bolsos das vestes e puxando a varinha de dentro delas. Estiquei o braço, apontando a varinha para todos os cantos e buscando ter, em meu campo visual, a imagem do intruso. Onde estava meu lado raivoso naquele momento? Eu não sabia como encontrá-lo, mas tive a sorte de não ser necessário. Do breu saiu um rosto bastante conhecido, e talvez um dos únicos que eu gostaria de ver naquele momento. - Oh, Luke! Você quase me mata de susto, garotinho! - Suspirei, sorrindo para meu tão conhecido colega. O garoto sangue puro que tinha um gêmeo que eu nunca havia falado na vida. Também, um amigo fiel e parceiro. Por último, meu atual ou futuro cunhado. - Eu deveria me preocupar com a sua presença? Você não está indo pegar alguma garota, não é? Eu odiaria ter que te bater. Tentei fazer uma careta brava e convincente, mas eu não conseguiria matar uma mosca enquanto estivesse frágil daquele jeito.
 
 
Dei dois tapinhas no espaço que ainda restava da madeira, indicando que ele deveria sentar. Suspirei, fitando o céu a procura de estrelas. Elas estavam lá, lindas como sempre, me deixando menos zangada. Observei o garoto sentar e lhe olhei com a carinha do gato de botas, esperando que ele me oferecesse um ombro amigo e um cafuné. - Pensei em lhes comprar um lembrol atualizado, que informa vocês sobre qual é o meu humor no momento. Mas te vendo aqui, acho que não vai ser necessário. - Bufei, olhando para meus pés ligeiramente. - Eu odeio ser assim, Luke. Odeio também ter acordado dramática. Esperava que ele entendesse do que eu estava falando, não só pela nossa amizade de longa data, mas pela forma como eu não consigo disfarçar minhas fases.
 
NOTES : Lalalala essa música é demais o.o Lalalala
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


 
Off: Postagens entre Bria Kahn Bulwer-Lytton e Luke Shreave O'Connel serão no turno da NOITE e estão PAUSADAS. Favor respeitar nossas postagens. Valeu.


Brianna Maeve Kahn Bluwer-Lytton
Getting married to the devil you can hear the wedding bells

avatar
Bria Kahn Bulwer-Lytton

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Luke Shreave O'Connel em Ter Maio 19, 2015 2:06 pm



Voltinha nos Jardins
tags: Com Bria X Notes: Sad X Clothes: O de sempre X Música: Bohemian Rhapsody
A penumbra se esvai com o passar do tempo e o breu toma conta de tudo. Uma brisa fraca percorre sob o céu estrelado e os mais frientos se arrepiam com o toque sutil do vento. O universo conspira a favor de Luke que nunca reclama desse tipo de tempo, ama o frio. Momento oportuno para se atiçar pra cima das garotas e oferecer seu calor corpóreo para quem quiser. O garoto parou por um minutor para ouvir o ressoar das folhas das árvores e sentir melhor o clima da noite. Se deixar ele permanece nessa posição por horas. Bria conversava com ele.

Bom... falando nisso eu até pensei em dar uma volta pra encontrar sua irmã. Temos assuntos pendentes a resolver.  Revirou os olhos e pensou em Lola. A garota é irmã de Bria a quem Luke tem uma queda. Queda não, um grande tombo. Conheceu a garota no vagão do trem - Conheceu muito bem por sinal - anos atrás. E até então tem se encontrado com ela algumas vezes. Não chega a ser um relacionamento oficial. Luke é meio complicado com essas coisas. Mesmo sabendo o que deve fazer, trava antes mesmo de pensar em tal ato. 

Bria já é uma shipper/Fã do casalzinho e até 'luta' pra vê-los juntos. Sentou-se ao lado dela, com carinho a envolveu em um abraço e despejou um beijo amigável na bochecha de Bria.  Você tá com cara de que está... apaixonada. Será uma surpresa e tanto se Luke estiver com razão. Quem é o felizardo ?  Indagou puxou a garota e a colando mais próxima de ti para acariciar sua pele.  Desabafe com seu amiguinho  Abriu um simpático sorriso mostrando que está disposto a ajudar a garota, seja qual for o problema.

OFF : Postagens Pausadas. O resto é desnecessário dizer.

Thanks Panda
avatar
Luke Shreave O'Connel

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/01/2015
Idade : 18
Localização : Sua casa, atrás de ti. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Ter Maio 19, 2015 7:18 pm

 Every inch of your skin is a holy grail I've got to find
On the edge of paradise!

Observei Luke com os olhos arregalados e a boca quase escancarada. De que forma ele tinha chegado a aquela conclusão? Eu havia falado de um problema, mas ele havia descoberto outro. Meus neurônios rebolaram, confusos. - De onde foi que você tirou isso, seu maluco? Tentei rir, mas o máximo que consegui foi manter a careta apavorada. Não era algo que eu esperava que alguém, algum dia, fosse conversar comigo. Eu não sabia, na verdade, se conseguiria mentir pra ele. Busquei as estrelas mais uma vez e tentei ser o mais convincente possível, mesmo não olhando em seus olhos. - Eu não estou apaixonada, Luke. Paixões são para meninas bobas. A fala era verdadeira, pelo menos na parte das meninas bobas. Eu sempre havia achado detestável a ideia de relacionamentos e namoros, sentimentos e desejos, mas olha eu aqui, sentada em uma banqueta de madeira desconfortável e sentindo o vento ficar cada vez mais frio. Pior, em um rolo completamente bagunçado e problemático! - Eu não estava falando sobre paixões, colega. Mas acho que o assunto se perdeu agora. Perdeu-se porque, novamente, meu humor havia mudado. Eu estava "normal". Glória aos deuses.

Deitei no banco, jogando a cabeça sobre o corpo do garoto. Meu melhor amigo no reino dos amigos. Fechei os olhos, quase como se fosse dormir. Porém, meu cérebro maroto estava a mil. - Vai esperar a Lola se formar pra perceber que você a ama? Disparei, sútil como um urso. Sorri maldosa, abrindo os olhos e buscando os seus em meio a seus cabelos bagunçados. Olhando assim, só tinha certeza que ele era o cara perfeito pra minha irmã. - Sou sua amiga, Luke, e acho que já chegou a hora de ser sincero consigo mesmo. Ficar dando uns peguinhas pelos corredores? Jura? Super apoio um pedido de namoro. Gargalhei, voltando a fechar os olhos.
 
NOTES : Lalalala essa música é demais o.o Lalalala
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS



Off: Postagens entre Bria Kahn Bulwer-Lytton e Luke Shreave O'Connel serão no turno da NOITE e estão PAUSADAS. Favor respeitar nossas postagens. Valeu.


Brianna Maeve Kahn Bluwer-Lytton
Getting married to the devil you can hear the wedding bells

avatar
Bria Kahn Bulwer-Lytton

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Luke Shreave O'Connel em Ter Maio 19, 2015 8:45 pm



Voltinha nos Jardins
tags: Com Bria X Notes: Sad X Clothes: O de sempre X Música: Bohemian Rhapsody
Boquiaberta Bria parece desviar do assunto atual. Demonstrou um espanto por Luke tocar na ferida da alma de qualquer um, o coração. Bria não é do tipo de estar apaixonadinha por alguém e ficar com todo aquele mimimi, porém o rapaz viu algo diferenciado nela, especificamente essa noite, fazendo-lhe tirar tais conclusões, o espanto obtido pode ter dois significados. Ou ele tem razão ou ela realmente está com o pensamento longe de qualquer sentimentalismo. - Meninas boas também se apaixonam. Não é só as bobinhas. Amar é bom, Bria... - Comentou demonstrando parte de seu visão para com o amor, mesmo não estando inspirado pra isso.

Uma teoria formou-se na mente do rapaz. Bria sempre tá correndo desse tipo de grude e até ai tudo bem. Mas nem todo mundo consegue ser solitário o tempo todo. Trocando de 'paixãozinha' como troca de roupas ou em menor frequência. - Uma hora vai chegar um cara cheiroso, alto, bonito e sensual que vai laçar o coração da cowboy mais difícil que eu já vi. Você... bonitinha. - Apertou a bochecha direita da garota como uma tia com saudades aperta a bochecha do seu sobrinho. Ele podia desviar o assunto ou comentar qualquer outra coisa, ele sente que ainda há algo diferente nela. Seja lá o que for, uma hora ela vai acabar contando. Bria se aconchega nos braços de Luke, que a envolve como uma galinha protegendo seus PINTINHOS.

No caso, protegendo a sua pinta. Esboçou um tímido sorrido com os comentários seguintes. Bria pode não ser adepta do amor, mas vê claramente quando alguém está amando ou não. - EU ? Amando a sua irmã !? Bria... por favor né... - Ele revirou os olhos. - Você tá coberta de razão... - Luke até pensou em dar uma desculpa esfarrapada pra desviar o assunto, mas não dá. Bria sabe de tudo, Lola já deve ter notado. - Não quero chegar na Lola e dizer... "Oi quer namorar comigo, gata !?" - Gesticulou em cada dizer, um desconforto mesclado a timidez o deixou sem graça. - Quero que seja algo.... especial. É eu to muito frufru esses dias. Sinto falta dela. - O amor não mexe só com Bria, também mexe com Luke. E mexe muito.

OFF : Postagens pausadas :3

Thanks Panda
avatar
Luke Shreave O'Connel

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/01/2015
Idade : 18
Localização : Sua casa, atrás de ti. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Ter Maio 19, 2015 9:25 pm

 Every inch of your skin is a holy grail I've got to find
On the edge of paradise!

Ouvindo sobre como meninas boas também se apaixonam, parece que finalmente minha ficha caiu. Bem, eu não queria que ela caísse. Permaneci de olhos fechados, sentindo um buraco se abrir em meu peito. Quando foi que a garota autoconfiante, firme e dona de si mesma, melhor, apaixonada por si mesma, virou insegura e apaixonada por outro alguém? Não que meu maior amor ainda não fosse eu mesma, mas amar outra pessoa... isso dá medo. Medo pela vulnerabilidade, pelas mentiras, pelos apelos e necessidades em relação a outra pessoa. Medo por gostar de alguém que não se pode gostar. Mas eu sou boa nisso de esquecer. Nunca precisei esquecer um cara, mas já esqueci animais que morreram, minha mãe e estou obtendo sucesso no esquecimento do maluco do papai. Quem eu estou querendo enganar?

Aninhada no colo do pinto mais lindo de Durmstrang, sorri ao ver como ele estava bobinho. Pessoas apaixonadas são assim, nada disfarçadas. O "mimimi" é a pior parte, e eu espero, sinceramente, passar bem longe dele. Mas as "mimizeiras" dos amigos não são opcionais, então mordi o lábio inferior, tamborilando o dedo nas bochechas. - Você chega na gata e diz: você não é avaradora, então pode pegar na minha varinha. Tentei me manter séria enquanto dizia, quase galanteadora, mas ao fim da frase não me aguentei e desatei em um riso alto. Um pássaro que estava escondido nos galhos acima de nós piou e bateu asas, alçando voo. Meu bom humor estava de volta. - Você sempre foi cheio de frufrus, pintinho. Mas quando são frufrus pra minha irmã, então eu gosto. Bem... eu tento, né. Sorri a ele, enxugando algumas lágrimas felizes que haviam surgido após a gargalhada. - Vamos pensar em uma super declaração de amor pra ela, que tal? Eu sou péssima nisso, mas a mulherada costuma gostar de rosas. Voltei a batucar as minhas próprias bochechas. - A minha sorte é não ter que lidar com essas macumbas.
 
NOTES : Lalalala essa música é demais o.o Lalalala
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS


 
Off: Postagens entre Bria Kahn Bulwer-Lytton e Luke Shreave O'Connel serão no turno da NOITE e estão PAUSADAS. Favor respeitar nossas postagens. Valeu.


Brianna Maeve Kahn Bluwer-Lytton
Getting married to the devil you can hear the wedding bells

avatar
Bria Kahn Bulwer-Lytton

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Luke Shreave O'Connel em Ter Maio 19, 2015 10:40 pm



Voltinha nos Jardins
tags: Com Bria X Notes: Sad X Clothes: O de sempre X Música: Bohemian Rhapsody

Era um pouco estranho, um pouco engraçado para Luke receber conselho amoroso de Bria. Pior que nesse quesito ela foi direta ao ponto, flores. O ambiente, a atmosfera, o assunto atual. Tudo se encaixa perfeitamente. Quem sabe os jardins por desabrochar tantas flores, não libera também os instintos mais amorosos de cada ser ? Flores, Jardim, Amor. Todas as palavras colocadas em harmonia é capaz de compor a mais bela poesia ou uma linda canção de arrepiar qualquer casal apaixonado. Ou um solteiro apaixonado, no caso de Luke, Bria e talvez Lola. Luke tem certeza dos sentimentos por Lola e o contrário ? 

Vai tirar essa pulguinha atrás da orelha quando conversar diretamente com ela. Nem se Luke quisesse, ia conseguir desviar do assunto, falar de Lola o deixa desconfortável, sem graça e seu lado tímido toma conta do seu espírito o desequilibrando por completo. Curtis sabe muito bem como resolver essa questão, não se apegando a uma mulher só. Se bem que agora até o Curtis tem padronizado pro estilo menos sacana e mais frufruzinho, é o que a maioria das garotas gostam e se isso agrada a maioria, não custa nada mudar por elas. Mudar pra conseguir o único objetivo do homem, vale a pena.- Conhecendo sua irmã... Ela ia adorar pegar na minha varinha... aliás, acho que ela já fez isso...Ops...Escapuliu  - Riu junto com a garota, aliás, gargalhou a ponto de chorar, secou as lágrimas assim como ela. 

-Você vai passar por isso, quer queira ou não... o problema é o seguinte. O amor é um sentimento bipolar. Se você o sente... uma hora estará feliz com isso e outra hora vai sofrer por ele. - Tentou bancar o filósofo entendido da vida. - Eu sou mais complexo que isso pinta... eu quero dar flores, mas ao mesmo tempo eu quero fazer algo diferente... do tipo pular de um Helicóptero segurando um banner escrito 'eu te amo' e na hora do salto, sacar as flores por trás das costas e descer Like a Boss pedindo em namoro. - O cérebro dele bugou. Foi uma ideia tosca, como Bria o conhece... é apenas mais uma loucura de Luke. - Não quero ser simplório demais... - E pra desviar um pouco o assunto, continuou. - E você devia se declarar... - Insistiu, sentindo o diferencial nos sentimentos de Bria.

OFF : Posts pausados.

Thanks Panda
avatar
Luke Shreave O'Connel

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/01/2015
Idade : 18
Localização : Sua casa, atrás de ti. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Ter Maio 19, 2015 11:09 pm

WHEN YOU SEE MY FACE, I HOPE IT GIVES YOU HELL
WHEN YOU WALK MY WAY, I HOPE IT GIVES YOU HELL
Tive que conter o espanto quando Luke citou a varinha e minha irmã ter "pego" ela. Acho que fiquei uns quinze segundos congelada, apenas absorvendo a informação. - ELA O QUE? Berrei, dando um pulo e sentando novamente. Olhei para aquele marmanjo em minha frente e imaginei minha pobre irmãzinha caindo na lábia dele. Mas ela era mais velha do que ele, então pode muito bem ter sido o contrário. Antes de concluir o pensamento, comecei a estapeá-lo com as mãos frouxas, pra não machucar de verdade. Caí na gargalhada. - Sexo sem compromisso é legal, também acho, mas com a minha irmã? Poxa, Luke, assim você me complica! Bufei. De risonha para furiosa. Tão eu. - Tá, ela não é nenhuma inocente. Mas não me arrumem sobrinhos, tá bom? Por favor. Pedi, olhando com cara de cachorro pidão. Minha irmã é chegada nas varinhas. Não nega ser irmã da Íris.

E aí entramos no assunto amor, voltado pra mim. Mordi o lábio inferior, olhando para meus pés. Minhas botinas estavam um tanto embarradas e o cadarço do pé esquerdo estava mal arrumado. E sim, aquilo era melhor do que falar sobre sentimentos. A palavra "bipolar" chamou minha atenção. Fiquei ereta e me voltei em sua direção. - De bipolar, já basta a mim mesma, Luke. Eu não consigo controlar essas oscilações de humor, não mesmo. Sofro com isso há anos, e agora correr o risco de ficar mais louca por causa de um garoto? Não fode. Desabafei, sincera. - Você não é complexo, seu bobão. É romântico, essa que é a merda. Arrumei seu cabelo que meus tapas haviam deixado ainda mais bagunçados. - Você lembra daquele garoto que também perdeu os pais e foi criado com a gente? O loirinho? Eu estava mesmo pronta pra falar sobre isso? Se não estivesse, me forçaria a estar. "Começou, termina".
TAGGED FOR PINTO / ### WORDS / NOTES
NICK @ ATF & CAUTION 2.0



Off: Postagens entre Bria Kahn Bulwer-Lytton e Luke Shreave O'Connel serão no turno da NOITE e estão PAUSADAS. Favor respeitar nossas postagens. Valeu.


Brianna Maeve Kahn Bluwer-Lytton
Getting married to the devil you can hear the wedding bells

avatar
Bria Kahn Bulwer-Lytton

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Luke Shreave O'Connel em Qua Maio 20, 2015 12:29 pm



Voltinha nos Jardins
tags: Com Bria X Notes: Sad X Clothes: O de sempre X Música: Bohemian Rhapsody


A cena era tão bonitinha, Luke e Bria conversando de forma amigável sobre os sentimentos quando Luke deixa escapar algo que pode ou não ser verdade, depende do ponto de vista e de como é interpretada a situação. Bria já entendeu tudo de forma errada em achar que Luke e a sua irmã estão praticando o coito por ai. -Não é isso meu bem... é que no meio da pegação... as mãos escorregam e pá, sabe como é... - Riu levando os tapinhas que mal lhe deixam marcas dos dedos dela. - Não estamos fazendo 'aquilo' nem pretendo ter filhos agora. Relaxa - E assim, tentou acalmar a garota um pouco agitada, sorridente e sob a pressão de estar apaixonada.

O assunto já havia passado. Luke fez questão de voltar atrás com isso, pra não quebrar a imagem que ela tem sobre ele. Ou pior, pensar algo errado da sua irmã que de santa não tem nada. Esse tipo de atitude é aprovada por Curtis, ser comilão. Luke é diferente nesse ponto. O assunto primordial retorna, o amor. -Love is in the air...- Fez uma pausa, revirou os olhos. - Everywhere i look around - Cantarolou. - Não adianta você fugir do amor, ele sempre vai te encontrar. - E o jovem romântico sabe bem disto. Seus olhos, suas ações... nada o fazem negar tal afirmação. Quando o amor chega, tudo muda. 

Bria entra no assunto da noite, um homem conhecido pelos dois. - Sei...o Ben. Né ? - Luke pousou as duas mãos na face e sacudiu a cabeça não acreditando naquilo por um instante. - Não me diga que está apaixonada por ele !? Jurava que a relação dos dois era fraternal. Apenas um amor de irmão sabe ? - Por ouvir tais palavras Bria pode pensar que o Luke tem algo contra isso, na verdade não tem. - Que bonitinha. Já se declarou pra ele ? Eu SHIPPO - Afirmou em um tom mais alto, apertando as bochechas rosadas de Bria.- Controlar o coração é impossível. - Luke está sendo precipitado. Está tão confuso quanto Bria.

OFF : Postagens pausadas.



Thanks Panda
avatar
Luke Shreave O'Connel

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/01/2015
Idade : 18
Localização : Sua casa, atrás de ti. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Bria Kahn Bulwer-Lytton em Qua Maio 20, 2015 3:48 pm

WHEN YOU SEE MY FACE, I HOPE IT GIVES YOU HELL
WHEN YOU WALK MY WAY, I HOPE IT GIVES YOU HELL
Por que cargas d'água eu havia decidido contar isso a Luke? Ouvindo suas palavras, me senti um ET. Com a cabeça grande e deformada. Ele tinha razão, o sentimento entre nós era de irmandade e deveria se limitar a isso. Me afastei um pouco, sentindo a raiva percorrer minhas entranhas. - Mas é claro que não! Eu não estou apaixonada pelo Benjamin, Luke! Que horror! Tentei ser firme e convicta sobre o que estava dizendo, tentando convencer a ambos do que estava sendo dito. Desejei não estar naquela furada. Pensei novamente na merda em que havia me afundado. Sou a peppa pig sambando na lama. Respirei fundo, tentando me acalmar. - Eu só ia contar que, talvez, vocês devessem conversar. Ele pode te ajudar com a Lola, sabe? Ele é um garoto. Espera, o que? "Ele é um garoto?" fala sério, Brianna. Um sorriso se formou em meus lábios após ter percebido a coisa mais óbvia que já tinha dito naquela semana. - Tá, tá, você entendeu! 

Mas aquela conversa tinha sido importante, no fim das contas. Luke é meu irmão de coração, meu futuro cunhado e meu pinto salva-vidas. Se ele não achava que seria uma coisa provável, o que sobraria pros outros? Não que eu fosse de me importar, mas o garoto é quase um irmão, fomos criados juntos. Não podemos simplesmente namorar, podemos? Sinto saudades de quando a única coisa que me importava era se minha maquiagem estava bem feita. Meu coração está precisando de um corretivo. Coração? Só posso estar ficando doente. Todo mundo sabe que os sentimentos estão ligados ao cérebro. Que diabos está acontecendo? 

Tomei a decisão mais acertada da minha vida: mudei de assunto. Folga para minha mente e para essa conversinha chata. - Pronto pra retornar as aulas? Soltei, sorrindo amarelo. O que eu queria, na verdade, era esquecer Lola, Ben, mimis e caralheiras. - Soube que as matérias desse ano são infernais. Me salva, senhor! Ergui as mãos e olhei para o céu, dramatizando um pedido de ajuda a qualquer divindade que pudesse ouvir meu pedido.
TAGGED FOR PINTO / ### WORDS / NOTES
NICK @ ATF & CAUTION 2.0



Off: Postagens entre Bria Kahn Bulwer-Lytton e Luke Shreave O'Connel serão no turno da NOITE e estão PAUSADAS. Favor respeitar nossas postagens. Valeu.


Brianna Maeve Kahn Bluwer-Lytton
Getting married to the devil you can hear the wedding bells

avatar
Bria Kahn Bulwer-Lytton

Mensagens : 10
Data de inscrição : 19/02/2015
Idade : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Luke Shreave O'Connel em Qua Maio 20, 2015 5:05 pm



Voltinha nos Jardins
tags: Com Bria X Notes: Sad X Clothes: O de sempre X Música: Bohemian Rhapsody


O assunto girou girou e girou. Bria até tentou se explicar mas Luke percebeu tudo o que está oculto por trás de cada palavra de Bria, ela está sim apaixonada e só não consegue entender o por que raios isso está acontecendo especificamente com ela. Luke já havia dito que não adianta correr do amor, ele sempre vai te encontrar e por mais que a pessoa tente ser fria ou desapegada da forma mais bruta possível de outro ser. Algum momento o coração vai amolecer e controlar as vontades do cérebro e pronto, estará apto a fazer qualquer coisa pra receber atenção, carinho ou qualquer outra forma de afeto da pessoa amada. Não quis falar mais nada sobre, mas precisa.

- Eu sei que preciso de ajuda...Só acho que preciso ser homem e enfrentar isso sozinho. Na primeira oportunidade que aparecer meus olhos fitarão os olhos da sua irmã e pronto...A ideia de inicio de namoro de uma forma diferente vira a tona. - Parou alguns segundos para respirar e mantem a mão em constante movimento, gesticulando. - Ela me inspira. - E o amor tem essa vantagem, por mais que a pessoa não queira. Lembrar da pessoa amada fará você buscar sua força interior abrindo um leque de opções positivas na vida. O amor nos faz adquirir o que antes estaria adormecido. Não há sentimento melhor que esse. Tão bipolar porém tão necessário.

Aquilo satura e incomoda a garota, Luke notou isso e entrou de cabeça no novo assunto. O início das aulas. Outra situação do cotidiano que o rapaz não está preparado pra enfrentar. - Nem me fale, pinta...Nem me fale. - Ergueu as mãos, para esticar um pouco o corpo e se levantou, rindo dele mesmo. - Se não estou preparado nem pras aulas, imagine pra conversar com a Lola. - E eis que retorna a comentar sobre Lola. Sentiu uma leve pontada na parte de trás da cabeça, era um sinal de que a dor de cabeça está chegando pra lhe atormentar. Ou é um sinal de que algo precisa dele ? Vá saber. 

Luke fala muito de Lola com Bria e conversa sobre Bria com a Lola. Os três compõe um triângulo não amoroso. Um triângulo de amizade fraternal. Apesar de ter um casal dentro do trio, nada estraga a amizade dos três. Muito pelo contrário, são tão próximos que pequenas atitudes o unem bem mais. -Queria te dizer uma coisinha...- Se aproximou um pouco mais dela, mesmo sabendo que Bria não é frufru como ele. Apontou os braços a frente e abraçou a garota. Um abraço de 'aniversariante', aconchegante como deve ser. - Eu te amo, sério. Não sei o que seria de mim sem você... - Ele se sentiu aliviado por conversar sobre o amor por Lola.Desabafar sempre ajuda... e muito. 

Satisfeitos com a conversa, saíram do lugar juntos antes de se separarem até cada dormitório.

*Luke e Bria saem do local.*





Thanks Panda
avatar
Luke Shreave O'Connel

Mensagens : 12
Data de inscrição : 31/01/2015
Idade : 18
Localização : Sua casa, atrás de ti. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jardins de Durmstrang

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum